Industrial Ethernet switches – Industrial-strength Unmanaged and Managed Switches

Industrial Ethernet switches – Industrial-strength Unmanaged and Managed Switches

Our Industrial Ethernet Switch portfolio comprises Managed and Unmanaged Switches with Gigabit, PoE, IEC 61850 certification, and for DIN rail mounting. This gives you the flexibility to build powerful and secure networks, even in harsh environments: copper and FO ports, as well as redundancy functions, enable the flexible networking of your systems and the easy segmentation of your industrial network.

Mais informações

Novos produtos

Switches Raptor
Switches geríveis TSN
Switches SPE geríveis
Switches geríveis

Switches Raptor

Uso em infraestruturas críticas

Os switches Raptor permitem um funcionamento fiável e seguro em condições ambientais extremas. O portfólio Raptor cumpre os elevados requisitos das normas IEC 61850-3 e IEEE 1613. Os switches são ideais para aplicações críticas de infraestrutura e fornecimento de energia.

Características principais

  • Plataforma escalável para requisitos de desempenho e configuração variáveis
  • Elevada densidade de ligação e seleção diversificada de módulos de comunicação
  • Opções flexíveis de montagem em rack standard de 19 polegadas ou em calha metálica

Vantagens

  • Switches geríveis fiáveis que satisfazem as elevadas exigências de infraestruturas críticas
  • Funcionamento de alto desempenho, mesmo em condições ambientais extremas, graças à certificação IEC 61850 e IEEE 1613
  • Funções de segurança alargadas para proteger as redes de infraestruturas críticas

Switches geríveis TSN

Redes Ethernet com capacidade de processamento em tempo real

Com os switches geríveis TSN, pode criar aplicações com uma sincronização de tempo precisa. Assim, assegura a comunicação em tempo real e uma elevada disponibilidade das suas redes de automação. A partir de agora, tem à disposição novas variantes com ligação por fibra ótica.

Características principais

  • Sincronização precisa do tempo (IEEE 801.2AS e IEEE 1588v2) e preempção de quadro (IEEE 802.1Qbu)
  • Conformidade com CC-Link IE TSN Classe B certificada e escalonamento/traffic shaping (IEEE 802.1Qbv)
  • Stream-Management via PROFINET
  • Compatibilidade de todas as funções conhecidas do FL SWITCH 2300

Vantagens

  • Os switches TSN aumentam o desempenho, a robustez e a disponibilidade das redes industriais
  • Novas e vastas possibilidades para a criação de aplicações críticas em termos de tempo
  • Podem ser utilizados em aplicações clássicas, não é necessário substituir o equipamento com a futura introdução do TSN

Switches SPE geríveis

Integração direta de sensores e equipamentos de campo

A Single Pair Ethernet (SPE) permite uma comunicação Ethernet consistente, do sensor até à cloud. Os novos switches SPE geríveis permitem integrar equipamentos de campo e sensores modernos diretamente na rede Ethernet. Para além da transmissão de dados, os equipamentos são alimentados pelo switch de forma ideal com corrente através de Power over Data Line (PoDL).

Características principais

  • Dispõe de oito ligações SPE 10Base-T1L e de três portas RJ45 (10/100/1000 Mbps)
  • Fonte de alimentação de sensores e equipamentos de campo com até 3,2 W com PoDL Classe 11
  • Longas distâncias de até 1000 m com 10Base-T1L
  • Todas as funções conhecidas do FL SWITCH 2300 como, p. ex., função de segurança ou redundância de rede

Vantagens

  • Aplicação universal em todos os protocolos baseados em Ethernet e IP (p. ex., PROFINET, Modbus, TCP ou MQTT)
  • Graças ao padrão 10Base-T1L, o switch Single Pair Ethernet possibilita longas distâncias de até 1000 m
  • Complexidade reduzida e baixo esforço de instalação, uma vez que não são necessários gateways ou subsistemas complexos
  • Integração direta de Ethernet/PROFINET, p. ex., para a transmissão do valor de medição através de MQTT para a cloud

Firmware 3.2 para switches geríveis

Funcionalidades ampliadas de cibersegurança para a sua rede

A nova versão de firmware 3.2 está disponível para todos os equipamentos das famílias de produtos FL SWITCH 2000, FL SWITCH TSN 2000 e FL NAT 2000. A nova versão de firmware dispõe de novas funcionalidades de segurança abrangentes para proteger a sua rede industrial.

Características principais

  • Compatível com certificados CA externos
  • Convenções de palavras-passe configuráveis
  • Várias opções para autenticação 802.1x falhada
  • Autenticação SNMPv3 configurável e algoritmos de encriptação
  • Notificação de utilização do sistema para CLI e WBM
  • Carga de rede PROFINET de classe III

Vantagens

  • Melhoria da segurança das portas e opções ampliadas para a configuração de segurança
  • Segurança elevada no acesso ao equipamento
  • Robustez melhorada para a comunicação PROFINET
  • Funções ampliadas para a gestão de utilizadores

Switches industriais não geríveis

Switches não geríveis para a indústria

Switches não geríveis

Os switches industriais não geríveis da Phoenix Contact distinguem-se pelo número de portas e formato variáveis. Dependendo da aplicação, temos à sua disposição switches não geríveis com diversos âmbitos de funções:

  • Switches para a calha DIN de 19" e para a montagem na parede (IP67)
  • Até 24 portas com ligação de cobre, fibra ótica ou SFP
  • Fast Ethernet e switches Gigabit
  • Formato estreito e plano
  • Invólucro metálico robusto e variantes com pintura de proteção (Conformal Coating)
  • Contacto de sinal para a sinalização de problemas com a alimentação de tensão e interrupções do link
  • Variantes com amplo intervalo de temperatura (-40 °C ... +75 °C) e alimentação de tensão redundante
  • Variantes Power over Ethernet (PoE) com até 30 Watt por porta
  • Variantes PROFINET com filtro PTCP
  • Variantes com certificações específicas do setor (CE, UL, KC, ATEX, IECEx, DNV/GL, ABS, LR, BSH, BV)

Switches geríveis

Switches geríveis industriais da família 2000

Switches geríveis 2000

Switches geríveis para aplicações de automação universais

Os switches geríveis da família 2000 oferecem um âmbito de funções padrão económico e permitem uma utilização versátil.

  • Switches Fast Ethernet e switches Gigabit (incl. suporte de Jumbo Frames)
  • Modo não gerível: estabilidade da rede sem esforço de configuração
  • Filtro Multicast (IGMP Snooping) para redução da carga de dados na rede
  • Funções de redundância (RSTP, MRP) para redes com segurança contra falhas
  • Configuração simples e flexível

As variantes 2200 e 2300 oferecem adicionalmente

  • Maior intervalo de temperatura (-40 °C ... +70 °C), fonte de alimentação redundante e saída de alarme
  • Portas de fibra ótica (SC, ST/BFOC, SFP)
  • Certificações para aplicações marítimas (GL/DNV, BV, ABS, LR, RINA) e a indústria de processos (ATEX, IECEx)
  • Classe de conformidade B PROFINET
  • Funções para aperfeiçoamento da segurança contra falhas (Large Tree Support, Fast Ring Detection, LACP)
  • Funções de segurança (autenticação RADIUS, segurança de porta baseada em MAC)
Switches SPE geríveis

Com os switches SPE geríveis, sensores e atuadores inteligentes são integrados diretamente na rede Ethernet

Switches geríveis para Single Pair Ethernet

A Single Pair Ethernet (SPE) permite uma comunicação contínua baseada em IP até ao nível de campo. A transmissão de Ethernet, bem como a fonte de alimentação, é efetuada através de apenas um par de fios. Os FL SWITCH 2303-8SP1 são os primeiros switches geríveis da Phoenix Contact para a norma SPE 10 BASE-T1L. Os sensores e equipamentos de campo modernos com interface SPE são integrados diretamente na rede Ethernet.

  • Longas distâncias até 1000 m com a norma SPE 10 BASE-T1L
  • Os subsistemas ou gateways para a integração de sensores já não são necessários, a complexidade é reduzida
  • Utilização universal com todos os protocolos baseados em Ethernet e IP
  • Instalação fácil e conservadora do material devido à transmissão de dados e fornecimento de energia através de apenas um par de fios
  • Compatibilidade de todas as funções da conhecida série FL SWITCH 2300
Switches geríveis das séries 3000 e 4000

Switches geríveis para aplicações exigentes

Switches geríveis para requisitos elevados

Para aplicações exigentes, os switches geríveis das séries 3000 e 4000 combinam diversas funções de diagnóstico, potência e segurança.

  • Switches Fast Ethernet e switches Gigabit com um intervalo de temperatura alargado
  • Redundância circular alargada: tempos de comutação de apenas 15 ms em caso de erro
  • Até 64 VLAN, filtro Multicast e Trunking
  • Funções de segurança (contas de utilizador, segurança de porta, autenticação RADIUS IEEE 802.1x, HTTPS)
  • Variantes PoE com até 60 W por porta e possibilidades de configuração específicas de Power over Ethernet
  • Variantes conforme IEC 61850-3, bem como IEEE 1613, e com certificação ATEX e IECEx
  • Montagem em calha DIN ou rack

Os switches Raptor modulares são perfeitamente adequados para aplicações na área de infraestruturas críticas ou no setor da energia.

  • Funcionamento de alto desempenho, mesmo em condições ambientais extremas, graças à certificação IEC 61850 e IEEE 1613
  • Plataforma modular para requisitos de desempenho e configuração variáveis
  • Montagem em calha DIN ou rack
  • Funções de segurança (VLAN, firewall integrado, função NAT, IPsec)
  • Elevada densidade de ligação e seleção diversificada de módulos de comunicação
O novo switch TSN FL SWITCH TSN 2000 da Phoenix Contact

Switches TSN geríveis para redes com capacidade de processamento em tempo real

Switches geríveis com capacidade de processamento em tempo real para Time Sensitive Networking

Os FL SWITCH TSN 2300 são os primeiros switches geríveis da Phoenix Contact para Time Sensitive Networking (TSN). Além da utilização em aplicações clássicas, também permitem a criação de redes Ethernet com capacidade de processamento em tempo real, com a inovadora tecnologia TSN. Os mecanismos TSN aumentam o desempenho, a robustez e a disponibilidade das redes atuais.

Switches PROFINET

Switches PROFINET

Switches PROFINET

Graças aos dispositivos PROFINET integrados, os switches PROFINET 2200, 2300, SMCS e GHS​ são ideais para utilização em redes PROFINET de classe B.

  • Redundância MRP para uma comutação rápida dentro de 200 ms
  • Troca rápida de equipamento e monitorização da topologia de rede graças a Link Layer Discovery Protocol
  • Integração na engenharia: configuração completa e diagnóstico do controlador PROFINET

Para redes PROFINET Classe C, os switches Ethernet geríveis IRT oferecem a gama de funções ideal.

  • Switches Fast Ethernet
  • Intervalo de temperatura: -25 °C ... +60 °C
  • Montagem em calha DIN (IP20) e montagem em parede (IP67)
  • Tecnologia ERTEC integrada para aplicações PROFINET
  • Transmissão de dados PROFINET prioritária
  • Diagnóstico para percursos de fibra ótica

Routers e switches Layer 3

Switches NAT da família 2000

Switches NAT da família 2000

Switches NAT

Em máquinas ou instalações com o mesmo intervalo de endereço IP, os switches NAT 2000 possibilitam, graças à Network Address ​​Translation​, uma ligação simples à rede de nível superior. Os switches NAT combinam comutação e roteamento em apenas um equipamento de calha DIN.

  • Switch Fast Ethernet e switch Gigabit
  • Variantes com amplo intervalo de temperatura: -40 °C ... +70 °C
  • Variantes com alimentação de tensão redundante
  • Montagem em calha DIN
  • Diferentes mecanismos NAT: 1:1-NAT, virtual NAT, IP-Masquerading e Port-Forwarding
  • Roteamento estático
  • Distribuição individual das oito portas em portas LAN e WAN
  • Redundância RSTP (WAN e LAN) e redundância MRP (LAN)
  • Classe de conformidade PROFINET A ou B
Switches Layer-3 modulares para a indústria

Switches geríveis modulares GHS com função Layer 3

Switches Layer-3 modulares

O mais potente dos nossos switches é o switch gerível GHS com estrutura modular. Graças à taxa de transferência de dados Gigabit e função Layer 3 opcional, é especialmente adequado para utilização como backbone de automação e para ligação à rede empresarial de nível superior.

  • Switch Gigabit
  • Intervalo de temperatura: -20 °C ... +55 °C
  • Alimentação de tensão redundante
  • Montagem em calha DIN
  • Quatro portas SFP e até oito módulos multimédia (fibra ótica, tecnologia de fibra de polímero ou HCS, cobre ou Power over Ethernet)
  • Virtual Router Redundancy Protocol (VRRP): rotear até 28 vezes relativamente à porta ou operar vários routers de forma redundante
  • Configuração simples através do visor, cartão SD, gestão baseada na web, comando CLI ou do software FL NETWORK MANAGER
FL Network Manager

O FL Network Manager facilita a configuração e a gestão do firmware

Software de gestão de rede

O software de gestão de redes FL Network Manager coloca a sua rede em funcionamento de forma rápida e fácil. O software apoia-o nas seguintes etapas:

  • Análise de uma rede existente
  • Atribuição de IP e configuração de equipamentos
  • Configuração multidispositivo
  • Ficheiro de configuração Handling
  • Update de firmware
  • SNMP Scripting