Asset Monitoring para a indústria de processos

Todas as informações relevantes relacionadas com a otimização das suas instalações de processamento estão sempre disponíveis? Além disso, é possível reagir rapidamente a avarias ou falhas dos seus ativos ou componentes da instalação?

A monitorização de instalações Brownfield está a tornar-se cada vez mais importante. Consulte o nosso White Paper para descobrir como aumentar a disponibilidade da sua instalação atual e diminuir os trabalhos relacionados com a manutenção.

Solicitar agora White Paper
Dois homens na sala de controlo monitorizam as instalações de processamento

Conectividade para soluções de monitorização e supervisão inteligentes

Sejam dados operacionais, quantidades de energia ou mensagens de alarme, concebemos para si um conceito otimizado para o registo e transmissão de dados de campo e levamo-los para o sítio certo.

Visão geral clara na sala de comando

Beneficie uma visão geral clara da instalação, para obter uma imagem precisa dos processos, necessidades de manutenção ou perdas de eficiência impercetíveis.

Utilização inteligente dos dados de processo

Os operadores de instalações de processamento estão perante o desafio de realizar uma manutenção ideal com o mínimo de recursos possível, para além de pretenderem satisfazer os requisitos funcionais, normativos e energéticos ao mesmo tempo que baixam os custos operacionais. A chave para tal é a digitalização gradual. O registo e a transmissão dos dados de campo necessários para o efeito são complexos e não podem afetar a fiabilidade operacional.

Aproveite os dados de processo existentes para uma operação eficiente da instalação com as nossas soluções de ligação e comunicação abertas, seguras e dimensionáveis.

Conectividade de campo numa instalação da área de engenharia de processos

Vantagens

  • Implementação económica de casos práticos graças a soluções abertas e escaláveis
  • Soluções contínuas desde a aquisição de dados até ao objetivo com tecnologia de comunicação independente do sistema
  • Utilização de serviços de valor acrescentado em plataformas da Internet das Coisas graças à estrutura de conectividade de campo de TO para TI
  • Instalações inovadoras graças aos conhecimentos adquiridos ao longo de vários anos na indústria e à criação de padrões progressistas, como a NAMUR Open Architecture (NOA)
White Paper
Monitorização de instalações Brownfield
Descubra no nosso White Paper, entre outros, exemplos de soluções de monitorização para a redução de falhas ou a diminuição dos trabalhos relacionados com a manutenção. Além disso, também pode ficar a saber mais sobre a identificação do equipamento da instalação com transponders RFID numa rede sem fios para facilitar as tarefas de conservação. Também obtém uma perspetiva sobre a NAMUR Open Architecture (NOA).
Solicitar agora White Paper
Pré-visualização do White Paper Monitorização de instalações Brownfield

Conectividade de campo entre TO e TI

De forma a garantir que a integração de TO e TI é perfeita, convertemos os protocolos de bus de campo e os dados de I/O numa sintaxe compatível com TI. Estes dados podem, então, ser usados em serviços adicionais, tais como manutenção preventiva, criação de um gémeo digital ou otimização de processos sustentável.

Visualização de fluxo de dados contínuo numa instalação da indústria de processos

Graças a uma integração perfeita dos níveis de TO e TI, irá aumentar a produtividade e disponibilidade das suas instalações de produção.

Fluxo de dados contínuo entre TO e TI

O tempo de execução, nível de automação e eletrificação das instalações de produção são variáveis. Por isso, são necessários conceitos personalizados para a aquisição e transmissão de dados.

Não importa se usa HART, PROFIBUS, Modbus, PROFINET, OPC UA, se a transmissão é por cabo ou sem fios: graças às nossas inúmeras soluções de comunicação, podemos desenvolver em conjunto consigo o conceito adequado para um registo, transmissão e disponibilização dos dados de campo necessários.

Instalação de processamento analógica e digital
Solução de OT-IT-Bridge da KROHNE, Software AG e Phoenix Contact YouTube

Ganhos de eficiência e segurança

Os modernos conceitos de arquitetura, como a NAMUR Open Architecture, e uma integração profissional de TO e TI criam a base comum para implementar projetos interdisciplinares da Industrie 4.0, assim como os elevados requisitos de segurança de dados. A integração de TO e TI é a base para uma digitalização eficiente de instalações de processamento. Ajuda a aumentar a competitividade da indústria perante a concorrência internacional.

Com a solução OT-IT-Bridge da KROHNE, da Software AG e da Phoenix Contact, pode transmitir dados em segurança a partir do nível de campo para a TI, sem influenciar o controlo de processos.

Exemplos de casos práticos na indústria de processos

Descubra exemplos das nossas soluções de monitorização para o aumento da segurança de pessoas e instalações, prevenção de falhas ou a implementação de requisitos ambientais e de eficiência energética.

A digitalização permite obter novas abordagens de monitorização

Nas instalações de processamento existem muitos equipamentos de medição inteligentes, compatíveis com bus de campo e HART e que estão sempre a gerar mais dados. Estes dados estão raramente acessíveis ao utilizador em pirâmides de automação clássicas. A NAMUR Open Architecture disponibiliza estes dados e, assim, gera mais-valias para a indústria de processos a partir da digitalização.

NAMUR Open Architecture (NOA) Integração de novos conceitos de monitorização com NOA

Pirâmide de automação com NAMUR Open Architecture (NOA)
Pirâmide de automação com NAMUR Open Architecture (NOA)
Estrutura topológica para a implementação do conceito NOA
Pirâmide de automação com NAMUR Open Architecture (NOA)

A integração de novos conceitos de monitorização, como p. ex. a manutenção preventiva, exige um melhor desempenho. Muitos sistemas de controlo não fornecem esse desempenho necessário, visto já estarem a ser usados há muitos anos, ou até mesmo décadas. Uma monitorização abrangente de ativos e equipamentos, como p. ex. de bombas, exige muitos trabalhos de engenharia na estrutura clássica da pirâmide de automação.

A NAMUR desenvolveu para o efeito a solução digital NAMUR Open Architecture, abreviada como NOA. Ao usar um segundo canal de comunicação, é possível obter abordagens de monitorização novas e mais simples.

Pirâmide de automação com NAMUR Open Architecture (NOA)

Com o segundo canal no sentido da cloud, use os dados de processo da pirâmide de automação para a monitorização simples e segura de instalações e equipamentos (monitorização), assim como para a otimização da instalação. O processo de produção em curso não é afetado.

Deste modo, é possível aceder a todos os dados registados dos equipamentos e da infraestrutura. Isto garante-lhe uma visão mais pormenorizada e uma maior abertura nas instalações.

Estrutura topológica para a implementação do conceito NOA

Com o nosso ecossistema PLCnext Technology, pode obter uma ligação de dados simples e padronizada através do canal lateral NOA, recorrendo a uma interface OPC UA moderna e segura, tudo sem grandes trabalhos de engenharia.

Utilize os dados numa cloud, como p. ex. a Proficloud da Phoenix Contact, o Microsoft Azure, etc. para Big Data, Asset Monitoring, monitorização de equipamentos de campo, manutenção preventiva ou para otimização de processos.

Ir para PLCnext Community
Apresentação do conceito NAMUR Open Architecture
NOA – Mastering the complexity of connectivity YouTube

Explicação simples da NOA

Veja este vídeo da ZVEI e NAMUR para ficar a saber mais sobre as vantagens e o conceito da NAMUR Open Architecture.

Pode encontrar mais informações sobre a NOA ou sobre a recomendação da NAMUR NE 175 no site da NAMUR:

Conversa entre especialistas sobre a NAMUR Open Architecture

Numa conversa entre especialistas durante a Edition Process Automation dos Phoenix Contact Dialog Days, são discutidos o valor acrescentado, para além do estado atual e da perspetiva da tecnologia NOA, usando como exemplo a instalação IDEA em Frankfurt Höchst.

Os participantes são Michael Pelz, Vice-Presidente da NAMUR, Timo Himmelsbach, responsável pelo grupo de trabalho da NAMUR 2.8 "Arquiteturas de automação", Ronny Becker, da Bilfinger Engineering & Maintenance GmbH, e Wilfried Grote, da Phoenix Contact. A moderação esteve a cabo de Thomas Tauchnitz, da TAUTOMATION.CONSULTING.

Eficiência desde o protótipo até à solução escalável

Se pretender comprovar a sua rentabilidade durante a operação, pode testar as soluções de monitorização. A partir daí, é possível escalar os conceitos e implementá-los em toda a operação ou, até mesmo, em vários locais.

Motor numa instalação da indústria de processos

Conceitos de solução personalizados

A escalabilidade permite obter flexibilidade e reduzir a complexidade e o orçamento numa fase inicial. Pode adaptar o conceito para a fase seguinte de acordo com a experiência na fase-piloto.

Temos todo o prazer em estar a seu lado, desde a conceção, passando pela estruturação de um protótipo, ou prova de conceito, até à implementação escalável e expansão gradual dos seus casos práticos.

Referências

Descubra porque os nossos clientes da indústria de processos escolhem a Phoenix Contact.

Contacto pessoal
Temos todo o prazer em ir ter consigo!
Está atualmente a lidar com um projeto de modernização ou expansão e gostaria de marcar uma sessão de aconselhamento?
Entrar em contacto agora
Conversa de dois homens com tablet