Open Process Automation

A Open Process Automation destrói a clássica pirâmide de automação e cria normas abrangentes a todos os fabricantes para a automação de instalações grandes.

Colaboramos ativamente com o Open Process Automation™ Forum e os seus colaboradores no desenvolvimento de um sistema de automação do futuro aberto, interoperável, portátil e seguro. Gostaria de saber mais sobre como damos apoio aos operadores finais globais neste caminho? As nossas e os nossos especialistas terão todo o prazer em aconselhar.

Entrar em contacto agora
Instalação de processamento interligada

Migração da tecnologia de controlo

A visão da automação de processos aberta garante uma arquitetura de controlo de processos baseada em padrões, aberta, segura e interoperável. Isto permite aos operadores finais usar componentes interoperáveis, software portátil e hardware intermutável.

Logótipo The Open Group
Logótipo The Open Group
Logótipo The Open Group
Logótipo The Open Group

Na OPAF, colaboramos com o Open Group e outras empresas de vários setores. O objetivo passa por fornecer componentes comercialmente disponíveis e interoperáveis, software portátil e hardware intermutável.

No OPAF, os fornecedores, os integradores de sistemas e os fabricantes têm uma representação igual. Deste modo, os operadores finais beneficiam de uma operação melhorada, sistemas abertos e segurança.

Aqui encontra mais informações sobre o OPAF:

Ir para o Open Process Automation™ Forum
Logótipo The Open Group

O OPAF incentivou o desenvolvimento do O-PAS™. O principal elemento do padrão é um bus de tempo real, através do qual todos os componentes podem comunicar entre si a qualquer momento e em tempo real. Os sistemas hierarquicamente superiores, como o Manufacturing OT-Data Center, o Enterprise Data Center ou os sistemas externos, como os sistemas na Cloud, etc., comunicam através deste bus de tempo real sem barreiras desnecessárias. Os sistemas em si continuam a ser independentes e escaláveis.

Os controllers, os sistemas de monitorização, os sensores, os controladores, etc. são associados ao bus de tempo real diretamente ou através de gateways de rede padronizados, de acordo com o formato de dados usado. Os sistemas têm acesso direto a todos os dados vitais e de produção.

Logótipo The Open Group

A Open Process Automation garante uma arquitetura de controlo de processos baseada em padrões, aberta, segura e interoperável com as seguintes características:

  • Componentes interoperáveis, software portátil e hardware intermutável
  • Disponível comercialmente e para vários setores industriais
  • Proteção da propriedade intelectual do fornecedor
  • Expansão dos mercados de componentes e serviços de fornecedores e integradores de sistemas.

O nosso compromisso para a Open Process Automation

O O-PAS™ proporciona aos operadores finais uma operação otimizada, sistemas abertos e segurança abrangente. A nossa plataforma de controlo aberta PLCnext Technology vai ao encontro do tipo de produto e modelo de negócio que a OPAF prevê para o futuro da automação industrial.

Ecossistema PLCnext Technology

Automação aberta

Os nossos produtos, como p. ex. PLCnext Technology e Axioline I/O, foram usados nos primeiros projetos-piloto que cumprem os objetivos da automação de processos aberta.

A nossa plataforma de código aberto forma uma base preparada para o futuro da automação de instalações existentes atualmente. Pode encontrar mais informações na nossa página web:

Implementação de O-PAS™

A nossa plataforma de controlo aberta PLCnext Technology apoia a abordagem aberta. O PLCnext Technology cumpre o papel do DCN (Distributed Control Node) com ligações seguras e redundantes para um novo serviço de bus em tempo real, bem como a ligação aos equipamentos de campo novos ou já existentes (I/O). Além disso, a PLCnext Technology também implementa o principal requisito da OPA, permitindo o alojamento de software externo e a execução no mesmo hardware.

Arquitetura da Open Process Automation
Demonstrador do Open Process Automation na conferência principal da NAMUR 2019

Conferência principal da NAMUR 2019

Projetos-piloto

Para implementar o padrão Open Process Automation™, colaboramos com operadores finais em projetos-piloto e ambientes de testes.

Gostaria de saber mais sobre usabilidade, portabilidade e migração preparada para o futuro? Entre em contacto connosco.

Logótipo Coalition for Open Process Automation (COPA)

Coalition for Open Process Automation (COPA)

A COPA é um programa resultante de uma parceria entre a Collaborative Systems Integration (CSI) e a CPLANE.ai. O objetivo passa pela promoção da colaboração entre fornecedores de TO e de TI no desenvolvimento de sistemas de controlo comerciais baseados em O-PAS™. Todos os membros da COPA também são participantes ativos do OPAF. A OPAF tem como função definir padrões O-PAS™. Por seu lado, a COPA mostra como estes padrões podem ser implementados nos componentes dos fornecedores.

Graças à introdução do COPA QuickStart, as engenheiras e os engenheiros de controlo de processos podem aprender e testar um sistema aberto de automatização de processos (OPA). Enquanto empresa líder no setor de Open Control, apoiamos a COPA com hardware e conhecimentos técnicos para o COPA QuickStart.

Aqui encontra mais informações sobre a COPA:

Vídeos

Saiba mais sobre as nossas soluções de implementação de Open Process Automation™.

Mesa redonda com especialistas em Open Process Automation

Na mesa redonda com especialistas durante os Phoenix Contact Dialog Days - Edition Process Automation, é discutida a importância da abertura total de componentes de automação. O objetivo passa pela implementação de conceitos de digitalização modernos, como é o caso da Open Process Automation™. Os nossos especialistas demonstram porque é que a nova plataforma de automação PLCnext Technology se adapta na perfeição a conceitos abertos, como a Open Process Automation™.

Phoenix Contact e OPAF para o desenvolvimento de Open Source

Tyler Redslob, Vertical Market Manager para automação de processos na Phoenix Contact USA, fala sobre a Open Process Automation™, o envolvimento da Phoenix Contact e a implementação da PLCnext Technology.

Open Automation para a Internet das Coisas Industrial

Harry Forbes conversa com Pat McCurdy, Vice President of Industry Management and Automation da Phoenix Contact USA, durante o ARC Global Forum 2020, sobre a plataforma de controlo aberta PLCnext Technology.

ExxonMobil e PLCnext Technology para uma nova Open Process Automation
ExxonMobil e PLCnext Technology para OPA YouTube

ExxonMobil e PLCnext Technology para uma nova Open Process Automation

Harry Forbes é Automation Research Director do ARC Advisory Group. Em conjunto com especialistas da ExxonMobil e da Phoenix Contact, conversa sobre o futuro da automação de processos aberta e sobre a Open Process Automation™ Foundation (OPAF).

Contacto pessoal
Temos todo o prazer em ir ter consigo!
Entre em contacto connosco para ficar a saber mais sobre as opções e a implementação da Open Process Automation.
Entrar em contacto agora
Conversa entre dois homens com tablet