Parque solar para a produção de energia

Videovigilância na indústria solar Seguro com e sem sol

À medida que aumenta a potência instalada da energia solar, aumenta também o número de incidentes nos sistemas. Os criminosos não se focam apenas nos painéis solares, mas cada vez mais também nos cabos de conexão e até mesmo nos inversores. Isto ocorre frequentemente em parques solares de menor dimensão, mais afastados e nem sempre adequadamente protegidos contra vandalismo e roubo.

Um campo solar pequeno num vale

Inversores bem protegidos em edifícios construídos para o efeito

Proteção de parques solares contra vandalismo

Atualmente, a videovigilância é padrão nos sistemas de fornecimento de energia. Cada operador tenta impedir o acesso não autorizado às suas instalações. Para isso, são frequentemente controlados os limites da instalação e as entradas. No próprio campo solar é bastante rara uma monitorização completa.

Os gerentes de um parque solar numa pequena cidade alemã registaram uma enorme queda do rendimento energético. Ali, ladrões tinham cortado e roubado mais de uma dúzia de inversores. Nem sempre é possível montar os inversores num edifício pequeno próprio ou em quadros de comando que possam ser fechados. Muitas vezes, os danos resultantes deste tipo de crime vão além do preço de aquisição da técnica.

Neste sentido, o objetivo de um sistema de videovigilância é claro: a tecnologia deve cobrir toda a área e ser protegida da melhor forma possível contra o vandalismo e as condições ambientais.

Câmara PTZ de alto desempenho

Câmara com grande consumo de potência

Requisitos da tecnologia

Visto que, nos parques solares, são monitorizadas áreas muito grandes com poucas câmaras, muitas vezes são utilizados sistemas de inclinação/oscilação.

A deteção de intrusão pode incluir sensores de vedação, fios de resistência, sensores de alarme de intrusão, proteção contra destruição para painéis, barreiras fotoelétricas e outros equipamentos que normalmente estão ligados ao sistema de videovigilância através da rede. Isto é vantajoso quando a tecnologia de ligação apresenta um desempenho de rede suficiente e a alimentação Power over Ethernet disponibiliza reservas suficientes para as câmaras PTZ que exigem um alto desempenho.

Smart Ethernet Box com porta aberta

Tudo para ligar a sua câmara de videovigilância num só equipamento compacto

Solução tudo-em-um para a videovigilância de sistemas de energia solar

A Smart Ethernet Box da Phoenix Contact reúne todas estas características num único equipamento, ligado diretamente às câmaras.

O invólucro robusto cumpre também todos os requisitos para a instalação exterior. Basta encaixar com o adaptador de montagem, ligar e já está!

Também o podemos apoiar no caso de caixas de ligação personalizadas para a indústria solar.

Mais informações sobre o tema
Videovigilância para a indústria e o comércio
Aqui pode ficar a saber mais sobre a infraestrutura correta para a videovigilância - adequada para cada aplicação.
Descarregar brochura agora
Robô com cabeça de câmara