Plug & Play com conectores industriais facilita a troca dos quadros de comando na BASF

Visão geral

BASF Antuérpia  

Em Antuérpia está localizada a segunda maior unidade de produção da BASF de todo o mundo

  • Em sua unidade de produção em Antuérpia, o grupo dedicado à indústria química BASF dispõe de uma infraestrutura abrangente com uma rede de transmissão própria e várias centenas de subestações.
  • Nas instalações de distribuição elétrica de média tensão, foi necessário substituir os antigos relés de proteção por equipamentos de controle e proteção novos.
  • A BASF optou por um conceito Plug & Play com conectores da família de produtos HEAVYCON EVO.
  • Dessa forma, foi possível economizar muito tempo na troca dos quadros de comando.

Perfil do cliente

A unidade BASF Antuérpia consome cerca de três por cento da corrente elétrica total da Bélgica. Em uma planta química dessa dimensão, a disponibilidade e a confiabilidade do fornecimento de corrente elétrica têm a máxima prioridade. A unidade de produção está conectada à rede de alta tensão através de várias conexões.

Aplicação

Björge Joachim, Product Manager Interface da Phoenix Contact, nv/sa, Zaventem, Bélgica; Dirk Van Bogaert, departamento de fornecimento de energia e infraestrutura elétrica, BASF Antuérpia, Bélgica; e Koen Meersman, engenheiro eletrotécnico, PA Solutions, Melsele, Bélgica  

Os impulsionadores da modernização: Björge Joachim, Dirk Van Bogaert e Koen Meersman (da esquerda para a direita)

Uma rede de 36 KV da própria empresa distribui a corrente pelas várias instalações de produção através da rede de linhas de 6 KV e 10 KV. Cada uma das instalações de distribuição elétrica de média tensão é permanentemente monitorada por diversos dispositivos de medição de corrente e tensão. Dessa forma é possível comutar individualmente a alimentação de tensão dos consumidores elétricos. Porém, essas medições e esses processos de comutação aparentemente simples à primeira vista não devem ser subestimados.

"Cada uma das instalações de distribuição elétrica de média tensão tem uma unidade de tensão primária e uma de alta tensão, assim como um quadro de comando, no qual se encontram os dispositivos de controle e de proteção", esclarece Dirk Van Bogaert do departamento de fornecimento de energia e infraestrutura elétrica da BASF em Antuérpia. "No momento estão sendo substituídos os dispositivos de controle de algumas instalações de 6 kV mais antigas. Durante o processo, as unidades de produção não podem ser desconectadas da rede por muito tempo." Quando uma unidade é desligada, a janela de tempo para as alterações é muito limitada.

Solução

HEAVYCON EVO com travamento em arco  

O travamento em arco torna a conexão mais simples e segura

Em colaboração com o parceiro de engenharia PA Solutions foi desenvolvida uma solução que permite a substituição de um quadro de comando em apenas quatro horas. "Para medir a corrente e a tensão são usados transdutores na unidade primária da instalação de distribuição elétrica de média tensão", esclarece Van Bogaert. "As correntes e tensões no local são reduzidas para 1 A e 100 V. Depois esses sinais precisam ser conduzidos, junto com outros sinais, para o quadro de comando correspondente."

Cada quadro de comando precisa ser alimentado com corrente e equipado com sondas que são conectadas através de um circuito. "Para efetuar as alterações rapidamente, usamos um tipo de sistema Plug & Play para quadros de comando", esclarece Koen Meersman, engenheiro eletrotécnico da PA Solutions. "Só começamos a trabalhar com conectores recentemente", acrescenta Van Bogaert. "Há cinco anos usávamos exclusivamente conexões a parafuso."

HEAVYCON EVO da Phoenix Contact  

Combinação de diversos tipos de contatos em um único conector

Um dos desafios na modernização consistia em reunir diversos tipos de sinais em uma única conexão – esse foi outro dos motivos por que a BASF optou pelos conectores HEAVYCON EVO. Os conectores transmitem sinais de medição analógicos de dispositivos de medição de corrente e tensão, assim como outros sinais de controle, que não podem ser confundidos e não se podem influenciar mutuamente.

HEAVYCON EVO tem uma construção modular: em um conector podem ser reunidos vários módulos com diversos tipos de contatos, sem que eles se prejudiquem mutuamente.

Para o projeto, a Phoenix Contact também produziu os cabos que, na modernização, foram em parte conectados aos bornes existentes na unidade primária.

Conectores HEAVYCON EVO para a conexão no quadro de comando  

Conectores HEAVYCON EVO para a conexão no quadro de comando

"A vantagem do conceito Plug & Play com estrutura circular reside na possibilidade de os dois conectores do quadro de comando adjacente poderem ser conectados com uma peça de conexão, quando uma caixa é removida", afirma Meersman. "Dessa forma, obtemos não só a estrutura circular mas também a redundância."

Resumo

O sistema modular evita uma confusão dos conectores, algo que assumia uma enorme importância. "Uma outra vantagem passa pelo fato de a caixa do conector ser estanque a água e poeira, o que evita a ocorrência de um curto-circuito. Quando um conector é removido e depositado nas proximidades, uma capa protege a restante extremidade do conector", esclarece Van Bogaert. "Para nós era sobretudo importante que os conectores fossem tão confiáveis como as anteriores conexões a parafuso. As alavancas nos conectores tornam possível uma conexão simples e estável. Graças ao sistema modular, conseguimos reunir todos os sinais em um único conector, de modo que não ocorra qualquer tipo de erro na instalação."

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Rua Francisco Corazza, 20 a 100
Pq. Residencial da Lapa
São Paulo/SP CEP: 05038-130
CNPJ 68.404.912/0001-62
(11) 3871-6400 (PABX)

Outras informações

Referrer: