Sistema de monitorização e verificação de descarregadores de sobretensão.

05.03.2024
Sistema de monitorização e verificação de descarregadores de sobretensão.

Com as recentes alterações na área dos Sistemas de Proteção Contra Descargas Atmosféricas é imperativo, entre outras obrigações, realizar a manutenção do Sistema de Proteção Interna.

A 13 de Outubro de 2022 foram apresentados os critérios técnicos do Regulamento Técnico de Segurança Contra Incêndio em Edifícios (SCIE) para os Sistemas de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (SPDA) – Nota Técnica #29. Parte integrante do SPDA é o Sistema de Proteção Interna, ou seja, os descarregadores de sobretensão transitória (DST).

O objetivo da Nota Técnica #29 é apoiar os autores de projeto, de medidas de autoproteção e todos os elementos envolvidos no cumprimento da regulamentação sobre instalação de SPDA nas fases de planeamento, construção, instalação e manutenção, enunciando e descrevendo os vários tipos de sistemas de proteção de descargas atmosféricas (SPDA), suas caraterísticas e especificações. A manutenção dos SPDA é obrigatória. Como consequência é imperativo realizar a manutenção do Sistema de Proteção Interna.

Seja baseado em nuvem (tempo real) ou manualmente, a Phoenix Contact possui dispositivos de teste e monitorização para aumentar a disponibilidade do sistema. As sobretensões podem sobrecarregar as instalações elétricas e os dispositivos de proteção destinados a protegê-las.

Quais as vantagens?
• Deteção do estado atual dos dispositivos de proteção contra sobretensões transitórias através de verificação preventiva
• Alto padrão de qualidade e segurança: graças à adaptação automática dos algoritmos de verificação ou função de atualização para a versão mais recente
• Utilização de mais-valias e serviços digitais com o ImpulseCheck

O ImpulseCheck monitoriza os condutores ativos dos cabos ligados a um DST de energia. As medições são transmitidas automaticamente, via Internet, para a Proficloud, onde são processadas pela aplicação ImpulseAnalytics. Resulta, daqui a informação do estado de saúde do DST e, não menos importante, o registo dos eventos de descargas atmosféricas.

Existe também a possibilidade de realizar esta verificação através de um equipamento portátil: CHECKMASTER 2.

De acordo com a NP EN 62305-3, os dispositivos de proteção contra sobretensões transitórias têm de ser verificados regularmente. Além disso, a norma prescreve a documentação rastreável dos valores de teste. ImpulseCheck monitoriza os DST em tempo real. Pode, a qualquer momento, emitir o estado atual para efeitos de documentação, premindo um simples botão.

A verificação com o CHECKMASTER 2 tem de ser realizada manualmente:

• Os conectores dos DST são encaixados na respetiva cassete de teste.
• A verificação efetiva é realizada de forma automática.
• O equipamento de teste CHECKMASTER 2 guarda todos os resultados na memória interna.
• A emissão dos valores de teste armazenados é possível imediata ou posteriormente.
• O protocolo de teste contém a designação do artigo e o resultado do teste com data e hora.

A Phoenix Contact possui as soluções que melhor sirvam os seus interesses, de forma a gerir os seus ativos e a segurança dos mesmos, da forma mais económica possível.

Contacto de imprensa
José Silva Caçote
José Silva Caçote | Projects & Solutions Business Developer