SFB Technology

Fontes de alimentação QUINT POWER com SFB Technology

As nossas fontes de alimentação QUINT POWER de alto desempenho com SFB Technology são particularmente adequadas para garantir a máxima disponibilidade da sua instalação.

Graças à SFB Technology, os disjuntores padrão disparam de modo seletivo e os consumidores ligados em paralelo continuam a funcionar sem interrupções.

Saiba mais
SFB Technology

Proteção seletiva de sistemas

Para a máxima disponibilidade da instalação, os disjuntores padrão devem ser ativados magneticamente para desligar circuitos de corrente com falha de forma seletiva. Para isso, as fontes de alimentação e os conversores DC/DC com a tecnologia SFB (Selective Fuse Breaking) disponibilizam temporariamente várias vezes a sua corrente nominal, fornecendo assim a reserva de corrente necessária.

QUINT POWER com SFB Technology

QUINT POWER com SFB Technology

Proteção rentável com disjuntores

Geralmente, em paralelo ao controlador, também estão ligados à fonte de alimentação outros consumidores, como sensores ou atuadores. Para minimizar os tempos de paragem, cada um destes circuitos de corrente deve ser protegido individualmente. Se ocorrer então um curto-circuito, apenas o circuito com falha é isolado da fonte de alimentação e os outros consumidores continuam a funcionar sem interrupções. Atualmente, os disjuntores convencionais são a solução com melhor relação qualidade/preço para proteção de um circuito. Podem disparar de forma eletromagnética ou térmica através de um bimetal. Para a ativação em poucos milissegundos, o eletroíman integrado precisa de uma corrente significativamente superior à corrente nominal do disjuntor.

Característica dos disjuntores

Característica dos disjuntores

Característica dos disjuntores

As correntes de curto-circuito necessárias para uma ativação eletromagnética são geralmente indicadas pelos fabricantes para corrente alternada (CA). Por esse motivo, os utilizadores devem ter em consideração o facto de que os valores DC são superiores num fator de até 1,5.

Os disjuntores estão disponíveis com diferentes características de ativação, sendo utilizados na indústria principalmente os disjuntores com característica B ou C. Para ativar o disjuntor, na característica B são necessárias as seguintes correntes:

  • Aplicações AC: três a cinco vezes a corrente nominal
  • Aplicações DC: três a sete vezes e meia a corrente nominal

Em condições adversas também são necessários 187,5 A para um disjuntor de 25 A da característica B ativar dentro de poucos milissegundos. Para disjuntores com característica C são necessárias as seguintes correntes:

  • Aplicações AC: cinco a dez vezes a corrente nominal
  • Aplicações DC: cinco a quinze vezes a corrente nominal
Impulso SFB

Impulso SFB

A SFB Technology impede quebras de tensão

Em caso de falha, os longos percursos de cabo limitam a corrente de ativação necessária. Assim, a ativação do disjuntor pode ser atrasada ou até impedida. Se as fontes de alimentação disponibilizarem uma reserva de potência menor, esta garante uma ativação térmica que pode demorar segundos ou minutos. Neste caso, a localização do erro é bastante simplificada, uma vez que é possível ver que disjuntor disparou. No entanto, neste período de tempo, a tensão de 24 V DC da fonte de alimentação já ficou interrompida e o controlador falhou.

Em casos desfavoráveis, a fonte de alimentação fornece tão pouca corrente ou uma reserva de corrente de poucos segundos tão breve que o fusível nem sequer dispara. Nesse caso, a localização da falha é extremamente demorada e onerosa. Com a SFB Technology, os dispositivos da série QUINT fornecem, por isso, até 6 vezes a corrente nominal. Com este impulso, os disjuntores ativam magneticamente dentro de alguns milissegundos.

Matriz de projeto SFB

Matriz de projeto SFB

Comprimento e secção transversal do condutor

A ativação suficientemente rápida de um disjuntor também depende do comprimento e da secção transversal do cabo, através do qual um consumidor está ligado. Neste caso, a elevada corrente que a fonte de alimentação consegue fornecer não é o único fator determinante. Apenas se a impedância do circuito de corrente com falha for suficientemente baixa é que a elevada corrente pode ser transmitida também em caso de curto-circuito e ativar magneticamente o disjuntor.

Pode utilizar a nossa matriz de projeto para determinar que fonte de alimentação é adequada para determinado comprimento e secção transversal de cabo.

Cenário exemplificativo da SFB Technology

  • Uma fonte de alimentação (24 V /20 A ) alimenta um controlador e três outras cargas.
  • Cada circuito de corrente é protegido por um disjuntor (6 A com característica B).
  • Circuitos de corrente compostos por fios de cobre com 25 m de comprimento (secção transversal 2,5 mm2)

Se, neste exemplo, ocorrer um curto-circuito, a fonte de alimentação de 20 A fornece temporariamente uma corrente nominal sextuplicada, ou seja, no máximo 120 A, através da SFB Technology. Em todo o caso, o disjuntor dispara com dez vezes a corrente nominal na área magnética da respetiva curva característica num prazo de 3 a 5 ms.

Os outros consumidores continuam a funcionar, o controlador é alimentado continuamente com 24 V DC e continua a funcionar sem interrupções, não obstante o curto-circuito.

Cenário exemplificativo da SFB Technology

Cenário exemplificativo da SFB Technology

Disjuntor de proteção

Com a gama de disjuntores termomagnéticos da Phoenix Contact, é utilizada pela primeira vez a curva característica SFB.
Esta característica de ativação foi desenvolvida especialmente para a utilização com fontes de alimentação que trabalham com base na SFB Technology. A combinação destes dois dispositivos garante uma ativação extremamente fiável em caso de falha, mesmo com cabos longos entre a fonte de alimentação e o dispositivo final. A curva característica SFB aproxima-se da característica C, mas é significativamente menor a nível de tolerância. Assim, o disjuntor atinge mais rapidamente a sua corrente de ativação, desligando assim mais cedo. Isto limita a corrente de curto-circuito e diminui a carga sobre os cabos e dispositivos ligados.