Aterramento e blindagem

Aterramento e blindagem

O fim das falhas

Proteja suas instalações. Com aterramento e blindagem adequados, você evita danos causados por interferências.

Voltar para Material de instalação e montagem

Categorias

Procurar em Aterramento e blindagem

Exibir todos os produtos dessa categoria

As falhas causadas por componentes eletrônicos ocorrem sobretudo na indústria automatizada. Essas interferências eletromagnéticas podem provocar problemas de funcionamento ou, até, a falha de instalações completas. A Phoenix Contact lhe oferece uma gama de produtos abrangente destinada ao aterramento e à blindagem de seus componentes eletrônicos.

Suas vantagens

  • Segurança com componentes conforme as normas
  • Funcionamento confiável graças aos produtos de alta qualidade
  • Tudo de um único fornecedor – graças a um programa de produtos abrangente

Compatibilidade eletromagnética

Conexão de bornes blindados em um barramento neutro.  

Bornes blindados para cumprir a norma EMC

Entre os condutores de aparelhos eletrônicos predominam diferenças de tensão que fazem com que cada equipamento eletrônico emita radiações de interferência. O nível global de falhas aumenta devido à sobreposição das diferentes radiações de interferência. Devido a este resultado, a blindagem de equipamentos para proteção contra radiações de interferência eletromagnéticas é de extrema importância.
As influências das radiações de interferência podem causar danos graves especialmente na tecnologia de processos e de produção industrial. Por isso, para dispositivos MCR (tecnologia de medição, comando e regulagem) elétricos é exigida também uma grande imunidade a interferência. Para o garantir, os fabricantes de equipamentos têm de emitir uma declaração de conformidade para seus produtos. Apenas os equipamentos em conformidade com a norma EMC podem ser estabelecidos no mercado.

Como ocorrem as falhas de campo?

Visualização simplificada de um campo elétrico  

As diferenças de tensão influenciam o funcionamento de outros equipamentos eletrônicos

Falhas de campo surgem devido a diferenças de tensão entre condutor positivo e negativo.
A partir de uma fonte de tensão é alimentado p. ex. um consumidor. Entre os condutores positivo e negativo surgem diferenças de tensão, através das quais se forma um campo elétrico entre os condutores. Nos condutores onde passa corrente se forma também um campo magnético. Devido à sua dependência da corrente, esse campo magnético é submetido a flutuações no tempo. Uma vez que nas aplicações menores existem correntes de tempo constante, são provocados campos alternados magnéticos irregulares. Estes campos se transformam em sinais eletromagnéticos, em um tipo de "miniemissor" e simultaneamente em receptor. Assim cada condutor tem a capacidade de influenciar negativamente o funcionamento de outros equipamentos elétricos e eletrônicos.

Tipos de interferência

Estrutura exemplificativa da blindagem com bornes ST  

Blindagem contra interferências

Na prática, normalmente ocorrem vários mecanismos de falha em simultâneo. Nesse caso, para além dos equipamentos são naturalmente também influenciados os cabos de ligação. É possível distinguir cinco tipos de influência diferentes:

  • Interferência galvânica
    Quando dois circuitos de corrente utilizam uma peça de conexão comum.
  • Interferência capacitiva
    Quando dois cabos dispostos paralelamente ao longo de um trajeto mais longo se comportam como duas placas de capacitor opostas e representam um curto-circuito para sinais de alta frequência nesta função.
  • Interferência indutiva
    Se uma alteração de corrente gerar uma alteração do campo magnético, através do qual é induzida uma tensão nos condutores adjacentes.
  • Interferência de onda
    Se ondas ou impulsos conduzidos se sobrepuserem aos cabos DÜ e MCR adjacentes, bem como a sobreposição de um circuito de cabos a outro circuito dentro de um cabo.
  • Interferência de radiação
    Se as ondas eletromagnéticas de um elemento perturbador sem cabo tiverem influência em instalações e cabos. O elemento perturbador é a onda livre.

Conexão de blindagem

Representação gráfica de montagens de blindagem  

Opções de blindagem para diferentes tipos de interferências

Em primeira linha, o tipo de conexão de blindagem se orienta em função das interferências esperadas.
Para suprimir campos elétricos é necessário um aterramento (1) unilateral da blindagem. No entanto, as falhas provocadas por um campo alternado magnético apenas são suprimidas se a blindagem for colocada dos dois lados. Contudo, em uma barra de blindagem bilateral (2) se forma um circuito de terra com suas conhecidas desvantagens. Especialmente as falhas galvânicas ao longo do potencial de referência influenciam o sinal útil. O efeito de blindagem se deteriora. A utilização de cabos triaxiais (4) pode ser uma ajuda, já que a blindagem interior unilateral é conectada à blindagem exterior bilateral. Para minimizar as interferências galvânicas em uma blindagem do cabo conectada bilateral é frequentemente ligado um lado ao potencial de referência através de um condensador (3). Isso interrompe o circuito de terra, pelo menos, para correntes contínuas e de baixa frequência.

Circuito de terra:
Por circuito de terra se entende uma disposição em que o potencial de referência esteja fechado em anel.

Borne blindados SCC

Portfólio de produtos dos bornes blindados SCC  

Os bornes blindados SCC permitem a montagem com uma mão sem ferramenta

Os bornes blindados SCC permitem a montagem com uma mão sem ferramenta.
Graças à braçadeira de aperto confortável e à mola de contato que não se encontra sob pressão é uma conexão de blindagem de realização mais segura, simples e com menor esforço.
Para além das vantagens da montagem em trilho de fixação, NLS e direta, os bornes blindados proporcionam uma blindagem EMC opcional.
Com a ajuda dos bornes blindados é possível derivar correntes parasitas de alta frequência de forma segura.
O design da mola de contato garante uma qualidade do contato reproduzível e duradoura e compensa possíveis fenômenos de subsidência do condutor.
Para, além disso, garantir uma atenuação de blindagem ideal, a grande superfície de contato permite uma ligação ideal ao potencial de descarga.
Para a melhor clareza e atribuição dos bornes blindados individuais, os bornes blindados SCC dispõem de grandes áreas de identificação na braçadeira de aperto. Dessa forma, a atribuição do cabo em função do diagrama elétrico é facilitada.

Bornes blindados SK

Portfólio de produtos dos bornes blindados SK  

Os bornes blindados SK possuem um parafuso serrilhado para fixar os condutores

Com os bornes blindados SK comprovados consegue fixar os condutores com parafusos serrilhados. Para a montagem no quadro de comando existem os bornes blindados para a montagem direta e sobre a barra coletora. Para garantir uma blindagem ideal, os bornes possuem uma peça de pressão por mola de grande superfície.
As conexões blindadas não podem ser certificadas como componentes em atmosferas potencialmente explosivas conforme as demandas da diretriz e as normas para equipamentos elétricos. Dessa forma, a utilização dos bornes blindados na atmosfera potencialmente explosiva também é possível sem a respectiva certificação e identificação.

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Av. das Nações Unidas, 11.541,
19º andar - Brooklin Paulista
04578-000 - São Paulo/SP - Brasil
CNPJ 68.404.912/0001-62
(11) 3871-6400 (PABX)