Voltar para a vista geral

Circular em segurança no túnel de Lopper

Túnel de Lopper na Suíça  

Túnel de Lopper na Suíça

O túnel de Lopper é um troço da autoestrada A8 (Thun - Lucerna) entre Alpnach e Hergiswil. Estabelece a ligação à autoestrada A2, uma das autoestradas mais importantes e mais frequentadas da Suíça, de Basileia até Lugano.

O túnel de Lopper encurta a duração da viagem em cerca de quatro minutos, uma vez que atravessa uma península e que, dessa forma, torna desnecessária a viagem ao longo da costa.

Dados sobre o túnel de Lopper:

  • Local: Cantão de Obwalden, Suíça
  • Comprimento: 1,56 km
  • Tipo de construção: 10,0 T (uma galeria principal nos dois sentidos, uma faixa por sentido da marcha)
  • Abertura: abril de 2006 (após modernização)
  • Dono da obra: Hoch- und Tiefbauamt Obwalden (serviços públicos de engenharia civil e de construção subterrânea), Suíça
  • Volume de tráfego: aproximadamente 25 000 veículos/dia

Aplicação

Representação esquemática da distribuição principal no túnel de Lopper  

Representação esquemática da distribuição principal no túnel de Lopper

Todos os cabos são reunidos na distribuição principal, que se encontra na área de proteção do túnel. Os cabos que ligam a distribuição principal à parte frontal ou ao transformador passam a área desprotegida LPZ 0A ou 0B (ver figura).

Para impedir que as correntes de descarga danifiquem a distribuição, no túnel de Lopper, são utilizados dispositivos de proteção contra descargas atmosféricas da Phoenix Contact.

Equipamento técnico no túnel:

  • Câmaras de vídeo
  • Cabos radiantes para rádio e sem fios
  • Iluminação, iluminação de evacuação de emergência
  • Sistema de deteção de incêndio
  • Dispositivos de medição da visibilidade, medições de vento
  • Sinais luminosos, registos corta-fogos

 

Solução

Proteção dos cabos de alimentação através de FLASHTRAB compact  

Proteção dos cabos de alimentação através de FLASHTRAB compact

Por cada cabo, é utilizado um dispositivo de proteção do tipo FLASHTRAB compact (FLT-CP). Uma vez que no túnel de Lopper vários cabos destinados à fonte de alimentação conduzem à parte frontal, deve ser encontrado igual número de dispositivos de proteção no quadro de comando.

No caso de um relâmpago nos cabos ou na sua proximidade, os dispositivos de proteção podem criar um curto-circuito por curto tempo (< 1 ms) entre todos os condutores. Assim, a corrente da descarga é diretamente desviada na entrada da distribuição principal e não consegue danificar o sistema.

Os cabos de sinal e de fornecimento de energia no túnel são submetidos a radiação eletromagnética, que pode ser suficientemente forte para perturbar ou danificar os equipamentos ligados. Por conseguinte, no túnel de Lopper, na entrada para a distribuição, são utilizados dispositivos de proteção contra sobretensões transitórias em ambos os tipos de cabo.

  • Os cabos de sinal no túnel de Lopper são protegidos pelos dispositivos de proteção contra sobretensões transitórias da série PLUGTRAB PT, uma combinação de proteção contra descargas atmosféricas e de proteção contra sobretensão num só equipamento.
  • Os dispositivos de proteção contra sobretensões transitórias do tipo VALVETRAB compact protegem esses equipamentos no quadro de comando que estão ligados aos cabos de alimentação das galerias dos túneis.

 

Resultado

A utilização de proteção contra sobretensão aumenta claramente a disponibilidade do túnel. Deste modo, o tráfego para a autoestrada A2 não sofre qualquer paralisação, sendo que, além disso, a infraestrutura do túnel permanece igualmente operacional em caso de emergência e os custos são reduzidos.

Phoenix Contact S.A.

Sintra Business Park,
Edifício n°1
Zona Industrial da Abrunheira
2710-089 SINTRA

Horário: 9h -13h e 14h -18h
(+351) 21 911 2760

Este website usa cookies. Ao continuar a navegar, está a concordar com a nossa política de cookies. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade.

Fechar