Comunicação de bus de campo através de cabos mestre existentes

Comunicação de bus de campo através de cabos mestre existentes

Utilizar pares de fios livres para tecnologia de bus de campo

Baixo esforço de instalação, ligação em rede económica, flexível graças à tecnologia de bus de campo.

Vantagens

  • Custos de instalação reduzidos devido à utilização de pares de fios livres na instalação de cabos mestre
  • Pequenas pausas na produção devido à facilidade de instalação e de colocação em funcionamento
  • Elevado espectro de aplicações devido a uma qualidade de transmissão ideal até 20 km
  • Investimento para o futuro graças à possibilidade de expansão da instalação de bus de campo integrada
  • Solução comprovada: já é utilizada há vários anos em grandes empresas químicas alemãs

Aplicação

Durante o longo ciclo de vida de um sistema de engenharia de métodos, as partes do sistema são otimizadas e expandidas permanentemente e, tal como a tecnologia de campo e automação, também são renovadas. No entanto, as salas de controlo permanecem nos seus locais originais e a cablagem instalada tem de durar mais do que os sistemas. Por isso, mais cedo ou mais tarde, os operadores deparam-se com o problema de as reservas planeadas há décadas atingirem os seus limites, por exemplo, relativamente aos cabos mestre.

A única possibilidade de superar esse dilema é utilizar uma tecnologia de bus moderna. Nesse caso, o PROFIBUS ou mesmo os derivados de Ethernet desempenham um papel importante.

Os cabos mestre com elevado número de polos tipicamente utilizados não são compatíveis com bus de campo. Por essa razão, até agora, o pessoal especializado tinha de instalar e preparar cabos especiais de acordo com as normas (pares de fios blindados, torcidos) para introduzir essas tecnologias. Os elevados custos de instalação e as falhas de produção prolongadas resultantes desse processo representam um enorme esforço financeiro para o operador.

Transmissão de sinal típica do campo para a sala de controlo  

Transmissão de sinal típica do campo para a sala de controlo

Solução

Extensor PROFIBUS ou Ethernet industrial  

Extensor PROFIBUS ou Ethernet industrial

Recorrendo a um truque simples, a Phoenix Contact torna possível a utilização daqueles que são provavelmente os dois últimos cabos livres de um cabo mestre para uma comunicação PROFIBUS ou Ethernet.

Garante-se assim um funcionamento que se estende ao longo de vários quilómetros, que não tem blindagem nem requer particular atenção ao tipo de cabo. Por exemplo, ocorre uma conversão do sinal PROFIBUS ou Ethernet na tecnologia SHDSL extremamente robusta.

Primeiro, o sinal de bus é convertido num sinal SHDSL (Symmetric Digital Subscriber Line) e, após a transmissão ao longo da distância do cabo, é novamente convertido no sinal de bus.

A comunicação nessa distância de cabo é realizada de forma transparente e não é detetada pelo mestre. Desse modo, deixam de ser aplicadas as integrações e configurações dispendiosas dos equipamentos através de um ficheiro GSD ou DTM.

Transmissão de dados serial através de extensores industriais  

Extensores industriais utilizam o último par de fios para uma transmissão de dados serial para uma estação remota IO

Se a ligação de bus de campo estiver estabelecida, pode optar por:

  • instalar um sistema de I/O remoto no campo ou um mestre de bus de campo na sala de controlo
  • reunir sinais individuais no campo através de um multiplexador e encaminhá-los para placas IO livres na sala de controlo.
esquerda: estrutura em linhas (2 fios)/direita: ligação ponto a ponto (2 fios)  

esquerda: estrutura em linhas (2 fios)/direita: ligação ponto a ponto (2 fios)

Phoenix Contact S.A.

Sintra Business Park,
Edifício n°1
Zona Industrial da Abrunheira
2710-089 SINTRA

Horário: 9h -13h e 14h -18h
(+351) 21 911 2760

Este website usa cookies. Ao continuar a navegar, está a concordar com a nossa política de cookies. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade.

Fechar