Tecnologia laser

Tecnologia laser

Marcações duradouras e seguras

Tecnologia laser fiável da Phoenix Contact.

Vantagens

  • Com base na tecnologia de laser de fibra de itérbio pulsado
  • Variado espectro de material em alumínio, aço, plástico e película
  • A marcação direta a laser significa que não é preciso utilizar tintas, rolos de tinta nem tóneres
  • Marcação duradoura por meio de gravação, recozimento ou carbonização
  • Elevada qualidade: capacidade de código de barras, resolução de 500 dpi

Fontes de radiação

Estrutura esquemática de um laser de fibra  

Estrutura esquemática de um laser de fibra

Existem dois modos de operação a laser:

  • Os lasers contínuos emitem uma onda de luz constante com a mesma intensidade
  • Os lasers pulsados emitem uma radiação em impulsos e dividem-se em impulsos laser curtos ou ultra-curtos, consoante a duração dos mesmos

Os lasers são especificados consoante o meio utilizado: laser de estado sólido e laser a gás. O meio ativo nos lasers de estado sólido são vidros ou cristais dopados. Os iões externos são incorporados no cristal hospedeiro em diferentes concentrações. Estes iões têm uma dopagem (concentração) específica. Os materiais típicos de dopagem são o neodímio, o itérbio, o titânio e o érbio.

O laser de fibra é um dos lasers de estado sólido e é particularmente adequado para marcações devido ao seu formato compacto e à sua facilidade de manutenção. Um laser de fibra típico é o laser granada de itérbio, ítrio e alumínio.

Os lasers granada de itérbio, ítrio e alumínio emitem radiação infravermelha, de modo que o raio laser também pode passar por cabos de fibra de vidro, como os raios laser de CO2. Devido ao menor comprimento de onda, este laser pode ser dirigido para uma área menor, conseguindo-se assim uma resolução mais alta do que com um laser de CO2.

Aspiração

Durante o processamento com lasers podem ser libertados poeiras e gases. Estes devem ser removidos do espaço de processamento, de modo a garantir uma elevada qualidade constante. Também por motivos de segurança no trabalho, é necessário proceder a uma aspiração adequada para o respetivo ambiente. Para poder assegurar uma aspiração o mais eficaz possível, é aconselhável utilizar uma combinação de filtros de diferentes classes. Os filtros distinguem-se pelo tamanho das partículas:

  • Filtro de partículas grossas (partículas > 10 µm)
  • Filtro de partículas finas (partículas de 1 a 10 µm)
  • Filtro de partículas em suspensão (partículas < 1 µm)

O ideal é, em primeiro lugar, pré-filtrar o ar do espaço de processamento por meio de diferentes filtros de partículas finas. Depois, numa segunda etapa, filtrar também as partículas mais pequenas do ar com um filtro de partículas em suspensão. Deste modo, conseguem-se níveis totais de eficiência das reduções de poeiras superiores a 99,9%.

Ir para os produtos

Quer saber mais sobre estes produtos? Clique no botão seguinte.

Phoenix Contact S.A.

Sintra Business Park,
Edifício n°1
Zona Industrial da Abrunheira
2710-089 SINTRA

Horário: 9h -13h e 14h -18h
(+351) 21 911 2760

Este website usa cookies. Ao continuar a navegar, está a concordar com a nossa política de cookies. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade.

Fechar