Voltar para a vista geral

Turbinas eólicas

As turbinas eólicas em localizações expostas, como por exemplo, parques eólicos offshore, são consideradas particularmente vulneráveis ao risco de queda de relâmpagos. Normalmente, é muito difícil, ou até mesmo impossível, implementar neste tipo de sistemas uma medida completa de proteção contra descargas atmosféricas. Nestes casos, é utilizado o sistema de medição de descargas atmosféricas.

Diagrama esquemático de uma aplicação LM-S utilizando o exemplo de uma turbina eólica

Diagrama esquemático de uma aplicação LM-S utilizando o exemplo de uma turbina eólica

A figura apresenta a disposição de cada componente do sistema numa turbina eólica. Em cada condutor de descargas atmosféricas das pás está montado um sensor. A unidade de avaliação encontra-se num quadro de comando no cubo. A ligação de sinal entre os sensores e a unidade de avaliação é realizada com fibras óticas. A ligação Ethernet ao controlador central é estabelecida através de anéis coletores entre a nacelle e a plataforma de observação. A unidade de avaliação funciona com uma tensão contínua de 24 volts.
 
Se necessário, o contacto remoto é ligado ao controlador. Assim, é possível sinalizar adicionalmente cada relâmpago ou avaliar o número de eventos.

Phoenix Contact S.A.

Sintra Business Park,
Edifício n°1
Zona Industrial da Abrunheira
2710-089 SINTRA

Horário: 9h -13h e 14h -18h
(+351) 21 911 2760

Este website usa cookies. Ao continuar a navegar, está a concordar com a nossa política de cookies. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade.

Fechar