Voltar para a vista geral

Dicas para a instalação

De certeza que deseja instalar a sua cablagem de sensor/atuador o melhor possível. Quer seja em ambiente industrial exigente, para garantir uma vida útil prolongada ou para reduzir os custos.

Raio de curvatura

Instalação da cablagem de sensor/atuador: raio de curvatura  

Instalação da cablagem de sensor/atuador: raio de curvatura

No caso da instalação com movimento, recomendamos um dimensionamento generoso do raio de curvatura.

Atenção: quanto maior for o raio de curvatura, menor são as tensões que ocorrem devido ao movimento.

A consequência é uma vida útil maior do cabo. Por isso, preste atenção aos raios de curvatura mínimos de cada cabo.

Voltar para cima

Esforço

Instalação da cablagem de sensor/atuador: esforço  

Instalação da cablagem de sensor/atuador: esforço

Garanta um laço suficientemente grande do cabo no local de união. Assim, evita a fadiga atempada do material.

No caso de esforços adicionais, ainda permanece espaço livre suficiente para aliviar as tensões.

Voltar para cima

Instalação com movimento

Instalação da cablagem de sensor/atuador: comprimento do cabo  

Instalação da cablagem de sensor/atuador: comprimento do cabo

Durante a instalação, preste atenção para deixar um comprimento adequado do cabo. Assim, os esforços de tração são aliviados da melhor maneira.

Um comprimento adequado do cabo pode ser obtido através de, por exemplo, laços de cabo e correias de arrasto C.

Voltar para cima

Cabo nas correias de condução de energia

Instalação da cablagem de sensor/atuador: cabo nas correias de condução de energia  

Instalação da cablagem de sensor/atuador: cabo nas correias de condução de energia

Instale os cabos com a mesma secção transversal dentro das correia de condução de energia de modo separado e solto um ao lado do outro.

Se as secções transversais forem diferentes, então monte chapas de separação e intermédias – para permitir uma vida útil prolongada.

Distribuição dos cabos

Os cabos pesados devem ser instalados nas extremidades. Os nossos cabos de sensor/atuador devem ser instados no centro.

Os cabos não devem estar sujeitos a trações em ambas as extremidades. No mínimo, em uma das extremidades da correia de arrasto.

Livremente no raio da curva

Garanta que os cabos possam movimentar-se livremente no raio da curva. Assim, evita-se o guia forçado da correia de arrasto.

Importante: durante a instalação dos cabos, respeite os dados do fabricante da correia de arrasto.

Voltar para cima

Agrupamento de cabos

Instalação da cablagem de sensor/atuador: agrupamento de cabos  

Instalação da cablagem de sensor/atuador: agrupamento de cabos

Durante o agrupamento de cabos individuais, preste atenção para que os cabos possam movimentar-se livremente e não estejam sujeitos a deformações.

Para instalar cabos circulares com grandes diferenças na secção transversal exterior, são utilizadas chapas intermédias.

Voltar para cima

Phoenix Contact S.A.

Sintra Business Park,
Edifício n°1
Zona Industrial da Abrunheira
2710-089 SINTRA

Horário: 9h -13h e 14h -18h
(+351) 21 911 2760

Configurador

Configure produtos e soluções para a sua aplicação individual.

Cabos de sensor/atuador

Este website usa cookies. Ao continuar a navegar, está a concordar com a nossa política de cookies. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade.

Fechar