Ponte de Erasmo: cálculo e transmissão confiáveis da altura de passagem

Visão geral

Ponte de Erasmo em Roterdã  

A ponte de Erasmo, que foi inaugurada em 1996, é o ex-líbris de Roterdã

  • Por causa das marés do Mar do Norte, nem todos os navios podem passar sob a ponte de Erasmo em Roterdã em qualquer altura.
  • Seis painéis de indicação exibem a altura de passagem máxima atual para evitar danos nos navios e na ponte.
  • Os painéis de indicação recebem os respectivos valores analógicos de um mini-controlador AXC 1050 através do sistema sem fio Radioline.

Perfil do cliente

Diretor de Projetos Richard Hecker  

Richard Hecker trabalha para a ÆVO na área da integração dos sistemas de medição e indicação

A ponte de Erasmo liga o centro de Roterdã ao bairro Kop an Zuid. O acesso sul da obra com 802 m de comprimento pode ser rebatido para cima para permitir a passagem de navios altos.

A altura de passagem máxima, dependente do nível da água atual, é apresentada às tripulações dos navios em seis painéis de indicação.

Aplicação

Centro de controle da ponte de Erasmo  

No centro de controle é controlada a ponte levadiça e monitorado o tráfego de navios

Graças aos valores visualizados nos painéis de indicação, os capitães dos navios em movimento podem decidir se passam sob a ponte fechada ou se aguardam a abertura do segmento articulado.

A solução instalada anteriormente era conectada por cabo, propensa a falhas e de manutenção complexa. A modernização foi adjudicada à ÆVO B.V após a destruição do sistema por diversas descargas atmosféricas no ano de 2014. No processo, os elementos de visualização existentes na obra deveriam ser mantidos. Foi ainda solicitada a integração no novo centro de controle.

No decorrer do projeto, a comunicação serial com os seis painéis de indicação tornou-se um desafio, porque faltava a documentação sobre o conceito anterior e o acionamento dos indicadores. Por isso foi necessário averiguar, no início do projeto, como os indicadores devem ser ativados em termos de bits. A partir daí os especialistas inferiram os componentes mais adequados para a implementação das tarefas.

Solução

Mini-controlador AXC 1050 do tipo Axiocontrol  

No quadro de comando da central de controle estão montados não só o mini-controlador AXC 1050, como também módulos I/O

O nível do mar atual é captado por dois sensores de pressão, convertido em um valor analógico e reencaminhado para o borne de entrada analógico AXL F AI4. Como parte da estação Axioline, o borne de entrada transfere seguidamente os dados para o mini-controlador do tipo Axiocontrol AXC 1050 que os avalia. A altura de passagem máxima, que aparece nos painéis de indicação, é calculada a partir da diferença entre o nível do mar e a altura absoluta da ponte de Erasmo.

Para a transmissão de dados serial aos elementos de visualização, o controlador AXC 1050 foi ampliado com o módulo de comunicação serial AXL F RS UNI que comunica o valor calculado da altura de passagem como sinal serial aos seis painéis de indicação por meio do sistema sem fio Radioline.

A ÆVO estabeleceu uma conexão ponto a ponto para cada elemento de visualização montado na ponte de Erasmo com respectivamente uma antena direcional sobre o telhado da central. Nos seis painéis de indicação foram igualmente instaladas antenas direcionais que recepcionam os sinais para que a altura de passagem calculada possa ser representada. A fim de prevenir danos por sobretensão e assim aumentar a segurança contra falhas da solução, as interfaces coaxiais de sinal estão protegidas com adaptadores com tecnologia Lambda/4.

Além disso, os especialistas em automação da filial holandesa Phoenix Contact BV assumiram todas as tarefas de programação de acordo com as especificações da ÆVO. O mini-controlador AXC 1050 foi programado com uma linguagem de programação PLC padronizada conforme IEC 61131-3. A norma internacional uniformiza as linguagens de programação, os conjuntos de comandos e as estruturas para sistemas de automação. Por isso, os programas criados podem ser portados e utilizados em plataformas variáveis. Os colaboradores da filial holandesa da Phoenix Contact também configuraram e integraram no controlador a solução sem fio Radioline.

Resumo

Na solução para visualização da altura de passagem máxima sob a ponte de Erasmo são utilizados diversos componentes e sistemas do vasto portfólio de produtos da Phoenix Contact.

Em combinação com o abrangente know-how de longa data dos colaboradores na área das aplicações em infraestrutura e junto com a equipe da ÆVO foi desenvolvida a solução perfeita para as tarefas em Roterdã. Após o teste de aceitação em campo, a aplicação completa foi integrada na manutenção regular e no serviço de emergência permanente da ÆVO.

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Rua Francisco Corazza, 20 a 100
Pq. Residencial da Lapa
São Paulo/SP CEP: 05038-130
CNPJ 68.404.912/0001-62
(11) 3871-6400 (PABX)

Outras informações

Referrer: