Relés para um controle seguro dos freios

Relés para um controle seguro dos freios

Comutação confiável na tecnologia ferroviária

Os relés ferroviários asseguram o isolamento galvânico entre os sensores e o comando.

Suas vantagens

  • Operação ótima do relé devido ao sistema eletrônico de ampla faixa
  • Faixa de tensão de entrada e de temperatura ampliada até à classe TX
  • Relés plugáveis e robustos: laváveis (grau de proteção RTIII) e insensíveis a poeiras e umidade
  • Resistentes a choques e vibrações em conformidade com a norma DIN EN 50155
  • Isolamento seguro entre bobina e contato conforme DIN EN 50178

Aplicação

O controle dos freios faz parte dos sistemas mais relevantes em termos de segurança de um trem. Em função da aplicação, é possível integrar funções adicionais inteligentes no controle dos freios, tais como a frenagem dependente da carga ou dispositivos de frenagem de emergência. Em caso de uma frenagem de emergência, por exemplo, os freios a disco são suportados por um sistema de frenagem adicional.

Solução

Relé ferroviário da Phoenix Contact  

Relé ferroviário da Phoenix Contact

Para o controle de sistemas de frenagem adicionais se utilizam os módulos de relés especiais da Phoenix Contact. Para que o freio adicional, como é o exemplo de um freio magnético, possa ser ativado, é necessário que várias condições estejam reunidas: os encoders rotativos nos eixos da carruagem determinam permanentemente a velocidade de circulação e a avaliam.

A partir de uma velocidade definida, é enviado um sinal ao relé ferroviário. O relé eletromecânico é comutado e encaminha o sinal 24 V DC para o comando central. Para além disso, o relé assegura o isolamento galvânico entre os sensores de campo e o comando.

Os sinais de interferência que costumam ocorrer nos veículos sobre trilhos, os chamados transientes, são filtrados. Essa filtragem vai proteger o comando central contra sobretensões e sobrecorrente e todas as funções deste sistema que são relevantes em termos de segurança funcionam sem falhas.

Contatos folheados a ouro duro para um contato confiável

A comutação confiável do relé ferroviário é assegurada por contatos folheados a ouro duro. O revestimento a ouro tem como função evitar a formação de uma camada externa oxídica sobre os contatos. Mas esta característica, por si só, não constitui os relés ferroviários, pois os contatos folheados a ouro são também utilizados em outras aplicações industriais, nas quais se faz a comutação de pequenas cargas e sinais.

O módulo PLC.../21RW se torna um relé especial apenas depois de estar conforme a norma ferroviária EN 50155. Em geral, os relés eletromecânicos têm de respeitar a norma EN 61810.

As temperaturas extremas não são uma raridade

Os relés ferroviários possuem uma faixa de tensão de entrada e uma gama de temperaturas alargadas. Se trata de uma exigência da EN 50155, pois na prática os elevados requisitos ao nível da temperatura ambiente desempenham um papel importante.

Nos trens, os quadros de comando para o controle dos freios são montados, entre outros locais, por baixo da área dos passageiros, na chamada carroceria do veículo. A carroceria do veículo é feita em aço e não tem isolamento térmico. Conforme a época do ano e o local de aplicação do trem, as temperaturas no interior da carroceria ser consideravelmente diferentes das temperaturas ambiente verificadas em aplicações industriais.

Em casos extremos, pode até mesmo ocorrer uma tensão de entrada de até 125% da tensão nominal, acompanhada de um aumento da temperatura ambiente até +70  C. Graças à tensão elevada, há mais corrente atravessando o módulo do relé, o que resulta em um aumento do autoaquecimento. Em um módulo de relé normal, o aumento simultâneo da temperatura ambiente causaria uma falha precoce.

Mais campos de aplicação para relés ferroviários

Os relés ferroviários da Phoenix Contact são utilizados em veículos sobre trilhos nas mais diversas aplicações, como por exemplo, no comando de bacias sanitárias a vácuo. O relé funciona, também neste caso, como o elemento de ligação entre os níveis de campo e o comando central e asseguram o isolamento galvânico.

Os relés especialmente desenvolvidos para a indústria ferroviária com seu formato modular estreito de apenas 6,2 mm são flexivelmente plugáveis, sendo, por isso, de fácil manutenção.

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Rua Francisco Corazza, 20 a 100
Pq. Residencial da Lapa
São Paulo/SP CEP: 05038-130
CNPJ 68.404.912/0001-62
(11) 3871-6400 (PABX)