Soluções de cabeamento para o comando do trem

Soluções de cabeamento para o comando do trem

Rede segura e sem interferências

Com isolares de redes Ethernet e conectores injetados para sistemas de comando isentos de interferências.

Suas vantagens: Conectores injetados

  • Instalação rápida com SPEEDCON M12
  • Conectores e cabos adequados para veículos ferroviários graças à seleção de materiais conforme EN 45545-2
  • Travamento seguro graças ao freio de vibração especial
  • Resistentes contra influências e choques térmicos – testados em uma faixa de temperatura ampliada

Suas vantagens: FL ISOLATOR M12

  • Proteção confiável dos componentes de rede através de isolamento galvânico com diferenças de potencial até 4 kV
  • Tecnologia de conexão M12 antivibrações com travamento rápido SPEEDCON
  • Homologação para aplicações ferroviárias (material circulante) conforme EN 50155 e EN 50121

Aplicação

Sistema de comando do trem  

Sistema de comando do trem

O sistema de comando dos trens é, muitas vezes, estruturado hierarquicamente. É composto por vários níveis de comando com diversas funções e requisitos.

Bus de dados do trem
O nível de comando superior, o chamado bus de dados do trem, se estende por todo o trem e permite uma comunicação de dados contínua entre todas as partes do trem. Visto que, neste caso, as taxas de dados são moderadas, a comunicação é implementada via Ethernet de categoria 5. O nível de comando é relevante para a segurança e a homologação e sua disponibilidade tem de ser continuamente assegurada. Por esse motivo, os requisitos sobre o cabeamento e outros componentes da infraestrutura são muito elevados.

Bus de dados do veículo
O segundo nível, o bus de dados do veículo, está conectado ao bus de dados do trem e constitui o nível de comando. Neste nível é realizado o comando do funcionamento do trem, assim como o monitoramento relevante para a segurança, por exemplo, dos freios, das portas ou do sistema de climatização. Os requisitos neste nível são iguais aos do bus de dados do trem no que diz respeito a segurança, homologação e disponibilidade. Ao nível técnico, isso é frequentemente implementado com base em PROFINET de categoria 5.

Sistemas adicionais
No trem existem outros sistemas que não são relevantes para a segurança e homologação. Sua conexão é feita através de gateways no veículo. Eles incluem o idioma e informações (rádio de bordo ou velocidade), monitoramento (câmeras) ou media on board (Internet). Aqui os elementos chave são a disponibilidade e os requisitos em termos de taxas de dados mais elevadas – não são relevantes para a segurança e homologação. Por isso, é frequente a utilização de Ethernet de 10 Gigabit da categoria 6A.

Solução

Série M12 RAIL  

Conectores injetados da série M12 RAIL

 

Os conectores injetados da série M12 RAIL da Phoenix Contact oferecem um sistema de cabeamento confiável para todos os níveis de comando no trem, como por exemplo

  • Cabeamento de sensor/atuador na codificação A
  • Cabeamento Ethernet/PROFINET na versão de 4 pinos com codificação D
  • M12 com codificação X para taxas de dados elevadas (10 GB/s).

Nestes casos, a adequação dos materiais de plástico utilizados e dos cabos com relação à reação ao fogo foi especialmente considerada. Estes materiais satisfazem os requisitos da EN 45545-2 e podem, assim, ser utilizados no trem sem problemas.

Como parceiro da indústria ferroviária, a Phoenix Contact fabrica cabos M12 injetados que são totalmente testados ao nível elétrico. Eles permitem dispensar a demorada e dispendiosa detecção de erros no veículo sobre trilhos que é tão comum na confecção manual.

FL ISOLATOR  

O FL ISOLATOR aumenta a imunidade a interferências da rede interna

O FL ISOLATOR cria um ponto de isolamento galvânico dentro da linha de dados Ethernet de cobre. Graças ao isolamento de alta qualidade até 4 kV é verificado um aumento claro da imunidade a interferência em condições industriais.

Os componentes de rede e equipamentos dispendiosos são protegidos contra diferenças de potencial. As velocidades de transmissão possíveis são de 10/100 MBit/s. O equipamento passivo pode ser usado imediatamente sem fornecimento de energia. Para tal, o FL ISOLATOR é integrado diretamente à frente do equipamento a proteger ou diretamente à frente ou atrás dos acoplamentos do veículo na rede. Isto evita a compensação de diferentes potenciais entre os compartimentos individuais do trem através do cabo de Ethernet.

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Rua Francisco Corazza, 20 a 100
Pq. Residencial da Lapa
São Paulo/SP CEP: 05038-130
(11) 3871-6400 (PABX)