Conexão de rádio segura e econômica na BP, Ohio

Projeto piloto sem fio na BP de Ohio

A BP explora inúmeras refinarias nos EUA.

Engenheiros e técnicos iniciaram um projeto piloto sem fio na unidade de Ohio. Pretendiam averiguar se seria possível realizar uma transmissão de dados remota confiável mesmo em zonas com forte irradiação de interferências.

Aplicação

O objetivo consistia em evitar custos de cabeamento elevados, associados a tanques de armazenagem distanciados entre si.

Nas áreas de radiotransmissão passam cabos de alta tensão com fortes campos de interferência. Pretendia-se analisar sua influência sobre a qualidade de transmissão. Outro fator de complicação se prendia com o fato do local do tanque de petróleo não dispor de um fornecimento de energia próprio.

Como objeto de teste foi selecionada uma bomba de água subterrânea longínqua.

Foi necessário medir o nível e, uma vez atingido o valor limite, disparar o alarme. A bomba determina, por ultrassons, o nível, disponibilizando-o como sinal analógico. Ao atingir o valor limite superior, o interruptor de valor limite gera, adicionalmente, um sinal de alarme digital.

Solução

Sistema de transmissão sem fio da Phoenix Contact  

Transmitir dados I/O no campo sem fio

Foi instalado na bomba um sistema de transmissão sem fio da Phoenix Contact. Isso permitiu o registro sem fio dos dados de I/O no campo e envio de informações para o controlador através de uma interface RS-232.

Podem ser ligados em cada estação até oito módulos de expansão analógicos e digitais, permitindo uma seleção adequada conforme cada uma das aplicações. Do lado do controlador é possível avaliar as informações a partir de uma estação de campo (point-to-point) ou de várias estações de campo (multipoint-to-point) através do protocolo Modbus.

Podem ser utilizadas até 255 estações de campo em cada master. Todo o sistema de hardware é alimentado de forma independente por um sistema de energia solar com painéis solares, bateria e regulador de carga.

Resumo

A ligação remota funciona com grande confiabilidade neste ambiente com forte sobrecarga.

Foi ainda analisada a vantagem econômica: o cabeamento da instalação implicaria a escavação de túneis e a passagem de cabos a uma distância de aproximadamente 700 metros. A BP partiu de uma base de cálculo de 80 Euros por metro. Houve uma economia efetiva de 56.000 Euros.

Após os testes positivos realizados ao sistema de transmissão sem fio da Phoenix Contact, a BP resolveu equipar a unidade de Ohio River com o mesmo sistema. Aí o equipamento foi aplicado a 16 tanques de petróleo.

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Rua Francisco Corazza, 20 a 100
Pq. Residencial da Lapa
São Paulo/SP CEP: 05038-130
(11) 3871-6400 (PABX)