GP Joule constrói parque para carga de caráter modelar na sede em Reußenköge

Visão geral

Parque para carga da empresa GP Joule  

Parque para carga da empresa GP Joule

  • A GP Joule se especializou em energias renováveis – desde o planejamento até o gerenciamento operacional, passando pela construção de instalações.
  • Deste âmbito também faz parte o carregamento de grandes frotas de veículos elétricos com energias renováveis consoante as necessidades
  • Como solução foi implementado com sucesso um sistema de gerenciamento de energia ligado a um OCPP-Backend com o apoio da North-Tec e da Phoenix Contact.
  • O sistema inovador e aberto alia a mudança ao nível da mobilidade à revolução energética e serve de modelo para futuros parques para carga.

Perfil do cliente

A GP Joule se especializou no aproveitamento inovador de energias renováveis – enquanto parceira para empresas, municípios e investidores em todas as áreas das energias renováveis. A GP Joule constrói, comercializa e explora parques energéticos em todo o mundo com escalonamento elevado e potências nominais de várias centenas de megawatts.

Aplicação

Dr. Fabian Sösemann e Eng. (escola técnica superior) Ralf Breckling  

Dr. Fabian Sösemann e Eng. (escola técnica superior) Ralf Breckling

A mudança ao nível da mobilidade apresenta muitos desafios – como por exemplo o carregamento de grandes frotas de automóveis sem um aumento massivo das conexões de rede existentes. "Nossa gama de oferta inclui também conceitos individuais de eletromobilidade e de energia para industriais, empresas e municípios", explica Dr. Fabian Sösemann, Chefe de Setor nas Áreas de Fornecimento de Energia e Direito na GP Joule em Reußenköge. "Consideramos que a mudança ao nível da mobilidade iniciada pela eletromobilidade é dinamizadora no sistema."

A empresa explora uma frota própria de 28 veículos inteiramente elétricos – cerca de um terço dela é carregada na unidade empresarial de Reußenköge. Para o efeito estão disponíveis quase 1,5 MWp de energia solar e uma instalação de biogás. "O grande desafio consiste em abastecer as cargas, aproveitando ao máximo o potencial das energias renováveis", diz Sösemann, "e minimizando tanto quanto possível a solicitação da rede convencional." Por isso, o conceito de carregamento para a área de estacionamento de veículos elétricos também deveria envolver uma aplicação de recursos reduzida.

Solução

Equipamentos de medição de energia, módulos RCM e controladores de carregamento no quadro de comando central  

Equipamentos de medição de energia, módulos RCM e controladores de carregamento no quadro de comando central

A solução é um sistema de mestre/escravo com a tecnologia de carga no quadro de comando central. A partir daí são controlados os processos e aplicações. A comunicação necessária ao processo de carregamento conforme IEC 61851 Modo de carga 3 é implementada para os pontos de carregamento com controladores de carregamento da série EV CC Advanced da Phoenix Contact.

Os equipamentos de medição de energia calibrados, que estão diretamente conectados aos controladores de carregamento através de um bus serial, fornecem as informações sobre os valores de potência atuais que são necessárias para o gerenciamento de carga. A interligação dos controladores de carregamento e dos leitores de placas RFID é feita por uma rede com base em Ethernet que envia os dados para posterior processamento para o controlador central – um Axioline 1050 da Phoenix Contact que é programado com o ambiente de desenvolvimento PC Worx conforme IEC 61131.

Visualização do gerenciamento de potência no quadro de comando central  

O gerenciamento de potência é visualizado no monitor no quadro de comando central

A North-Tec Maschinenbau GmbH de Bredstedt ajudou a desenvolver a solução de carregamento, enquanto especialista em controle de instalações de biogás e tecnologia de automação. Os processos de regulagem são implementados através de cartões de carregamento com prioridade variável consoante o objetivo de utilização do veículo a ser carregado, em função da energia renovável disponível. "Pretendemos observar a rede permanentemente, otimizando o consumo próprio de corrente", esclarece Ralf Breckling, gerente da North-Tec. "A área de estacionamento de veículos elétricos da GP Joule está situada no final da linha de rede do operador da rede de distribuição local – esta posição é análoga às condições de numerosos edifícios-garagem."

Pois também lá é expectável uma falta da potência de carga exequível e conveniente do ponto de vista econômico à medida que o volume de carregamento dos veículos elétricos aumenta. "Nosso conceito de carregamento pode ser muito facilmente aplicado em casos de aplicação desse tipo", explica Sösemann e remete para a necessidade de um armazenamento concentrado dos dados no controlador: "Além disso, o agrupamento de todos os sinais em um centro de controle também nos permite seu aproveitamento no negócio da zona de equilíbrio."

O conceito de mestre/escravo tem ainda outra vantagem: a concentração de poucos componentes inteligentes em um só quadro de comando também torna a manutenção da instalação mais clara e simples.

Resumo

Para a frota de veículos elétricos da própria empresa na sede da GP Joule em Reußenköge foi criado um sistema de gerenciamento de energia incluindo um parque para carga segundo o princípio mestre/escravo. Sösemann faz o seguinte resumo: "Na qualidade de especialista em energias renováveis avançamos agora também consideravelmente no âmbito da mudança ao nível da mobilidade." A tecnologia de carga e a plataforma de hardware para processamento dos algoritmos para distribuição de energia são da empresa Phoenix Contact. Em cooperação com o parceiro de desenvolvimento North-Tec foi criado um sistema inovador e aberto que alia eficientemente a mudança ao nível da mobilidade à revolução energética, sendo por isso mesmo modelar para os futuros parques para carga.

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Rua Francisco Corazza, 20 a 100
Pq. Residencial da Lapa
São Paulo/SP CEP: 05038-130
CNPJ 68.404.912/0001-62
(11) 3871-6400 (PABX)

Referrer: