Voltar para a visão geral

Combined Charging System (CCS)

O conceito de interface de carga constante

O Combined Charging System (CCS) é um sistema de carga combinado para o carregamento de veículos elétricos com corrente alternada (AC) e corrente contínua (DC). Através da entrada do veículo você pode efetuar o carregamento tanto com conectores de carga AC, como também com conectores de carga DC: no veículo é necessária somente uma interface.

  • Carregamento AC convencional durante a noite na garagem ou em locais de estacionamento no caso de um parqueamento prolongado
  • Carregamento DC rápido em poucos minutos em postos rodoviários, restaurantes, supermercados, bancos, etc.

O Combined Charging System (CCS) está normalizado segundo IEC 62196-3 e SAE J1772. Existem geometrias de conector para o tipo 1 (América do Norte) e para o tipo 2 (Europa). O sistema foi desenvolvido conjuntamente com fabricantes de automóveis líderes e já é utilizado em muitos veículos movidos a eletricidade. Em 2013, a Comissão Europeia já havia definido a utilização do sistema de carga CCS tipo 2 conforme IEC 62196 como o padrão unitário para toda a Europa.

Suas vantagens

  • A maior flexibilidade possível durante o carregamento do veículo elétrico
  • Carregamento rápido quando necessário, assim como carregamento durante a noite na garagem
  • Carregamento seguro com a ajuda do travamento de atuador e monitoramento da temperatura dos contatos de potência
  • Um sistema de carga para toda a Europa e toda a América do Norte

Travamento de atuador

Representação do travamento de atuador na entrada de veículo CCS  

Travamento de atuador na entrada de veículo CCS

As entradas de veículo CCS são equipadas com um atuador de travamento eletromecânico de acordo com as normas. Ele trava o conector de carga para veículos durante o processo de carregamento lateralmente ou diretamente no gancho de encaixe na frente de encaixe. O pino do atuador foi concebido para resistir a altas forças de extração.

Monitoramento da temperatura

Representação da curva característica do sensor de temperatura PT1000  

Curva característica do sensor de temperatura PT1000

De um processo de carregamento seguro também faz parte o monitoramento da corrente de carga. Se ocorrer um sobreaquecimento do sistema, por exemplo no caso de temperaturas exteriores quentes ou sobrecarga, isso é registrado por sensores de resistência PT1000 dependentes da temperatura. A temperatura dos contatos de potência é comunicada ao dispositivo de carga através das saídas de sinal correspondentes.

Em caso de sobreaquecimento, o dispositivo de carga pode assim desligar o processo de carregamento ou reduzir a potência de carga. Conforme a IEC 62196, o aquecimento não pode ser superior a 105 °C.


Voltar para a visão geral
Outras informações
  • Combined Charging System (CCS)

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Rua Francisco Corazza, 20 a 100
Pq. Residencial da Lapa
São Paulo/SP CEP: 05038-130
CNPJ 68.404.912/0001-62
(11) 3871-6400 (PABX)