Voltar para a visão geral

Conexões de banda larga na rede de telefone pública

Conexão temporária de alta velocidade ou de banda larga de linha fixa

A tecnologia DSL utiliza a infraestrutura de telefonia analógica existente.  Tratando-se da rede melhor expandida em todo o mundo, o acesso remoto é possível até nos locais mais remotos do mundo.

Utilize a conexão de alta velocidade à Internet e comunique-se com máquinas e instalações individuais ou com redes Ethernet complexas, em todo o mundo e a qualquer momento.

Os roteadores de banda larga ADSL são adequados tanto para o acesso a curto prazo de alta velocidade para manutenção (telesserviço) como para o acoplamento duradouro de estações distantes à rede central da empresa (conexão de banda larga de linha fixa).

A comutação de anexo A/B integrada e a seleção individual entre as funcionalidades modem/roteador oferecem máxima flexibilidade. Não é necessário ter um amplo esclarecimento prévio sobre os requisitos do provedor.

Utilização flexível em ambiente industrial

Anexos A e B  

Anexos A, B e J

O processo de anexo utilizado depende do provedor e são muito poucos os países em que existe uma configuração uniforme, como na Alemanha, com o anexo B e J (conexões ALL-IP da Deutsche Telekom). O anexo A e o anexo B são os mais difundidos mundialmente.

  • Anexo A: operação DSL em paralelo à telefonia analógica.
  • Anexo B: operação DSL em paralelo à telefonia digital (ISDN/Integrated Services Digital Network)
  • Anexo J: conexões baseadas em IP (conexões ALL-IP da Deutsche Telekom)

Através da comutação de anexo A/B integrada, os roteadores de banda larga da Phoenix Contact podem ser adaptados de forma simples aos requisitos dos provedores regionais de serviços de telecomunicações.  

O anexo A e o anexo B são os mais difundidos

PaísAnexo A/B
BélgicaMisto, predominantemente anexo A
DinamarcaMisto, predominantemente anexo A
AlemanhaAnexo B e anexo J
FrançaMisto, predominantemente anexo A
Grã-BretanhaAnexo A
IslândiaAnexo A
ItáliaMisto, predominantemente anexo A
HolandaMisto, predominantemente anexo A
América do NorteAnexo A
NoruegaMisto, predominantemente anexo B
ÁustriaMisto, predominantemente anexo A
SuéciaMisto, predominantemente anexo A
SuíçaAnexo B
EspanhaMisto, predominantemente anexo A

Modo de modem

O modem DSL assume a adaptação do sinal entre o DSL público e a rede local. A função de roteador e de firewall é assumida por um roteador a jusante, p. ex. um roteador de segurança ou de telefonia móvel.

Tunelamento VPN com modem DSL  

Utilização como modem DSL em combinação com um roteador de segurança (p. ex. FL MGUARD).

Tunelamento VPN com modem DSL e roteador de telefonia móvel  

Utilização como modem DSL em combinação com um roteador de segurança (p. ex. FL MGUARD) ou de telefonia móvel (p. ex. PSI-MODEM-3G/ROUTER).

Modo de roteador

O roteador de banda larga assume a adaptação do sinal de DSL para LAN (modem DSL) e também as funcionalidades de roteador, VPN e NAT.

Tunelamento VPN com roteador DSL  

Utilização como roteador DSL – a função de roteador VPN e de firewall é realizada diretamente pelos equipamentos DSL.

Tipos de equipamentos referentes a aplicativos

Utilize o melhor tipo de equipamento para o seu aplicativo.


Voltar para a visão geral
Outras informações
  • Conexões de banda larga na rede de telefone pública

PHOENIX CONTACT
Ind. Com. Ltda.

Rua Francisco Corazza, 20 a 100
Pq. Residencial da Lapa
São Paulo/SP CEP: 05038-130
(11) 3871-6400 (PABX)